Postagens

Mostrando postagens de Outubro 29, 2008

Roberta Sá e o Prêmio de Melhor Novo Artista do Grammy Latino

Imagem
Meus queridos, eu não sei vocês, mas eu adoro o trabalho competente e delicado da Roberta Sá. A menina apareceu num desses programas que querem "descobrir" novos ídolos que possam ser consumidos rapidamente pelo mercado da música fácil. Não foi vencedora, mas já o é, pelo simples fato de que tem talento e uma extrema sensibilidade musical. Sua carreira já é uma evidência nacional reconhecida por muitos críticos e artistas consagrados no cenário da música brasileira. Para começar, a menina foi "apadrinhada" em seu primeiro trabalho por nada mais, nada menos, que Ney Matogrosso. Bela estreia. E o novo trabalho está maravilhoso.
Isso tudo é para dizer a vocês que ela está concorrendo ao Grammy Latino na categoria "Mejor Nuevo Artista". Se, como eu, alguém você gosta do trabalho da Roberta, acesse o endereço http://lamusica.com/latingrammy/general.php, escolha a opção "Mejor Nuevo Artista" em Categorias, logo no início da página, depois clique ao lad…

Enquanto o cancão pia...uma entrevista com a lucidez de Belluzzo

A crise está aí como maré cheia...as ondas vem e vão e vão se aproximando do nosso batente...Alguns liberais empedernidos vão em público falar em contenção do gasto público. Se é verdade que não é hora de ninguém gastar o que tem (muito menos o que não tem) sem um planejamento equilibrado de prioridades, também não se pode negar o caminho do Estado como indutor e garantidor de processos econômicos capazes de impedir um agravamento interno da crise.
Abaixo uma entrevista concedida por Luis Gonzaga Belluzzo, ao mesmo tempo demarcando um posicionamento contrário ao dos nossos liberais, mas como muita lucidez, encontrado na Agência Carta Capital.

“CORTAR GASTO PÚBLICO? FOI ESSA RECEITA QUE EMPURROU A ALEMANHA PARA O NAZISMO EM 1933”

Retoma inestimável atualidade nos dias que correm – ou talvez fosse mais honesto dizer, nas horas que urgem - a frase bordão proferida pelo presidente Franklin Delano Roosevelt no famoso discurso de posse, em março de 1933. Em meio à Grande Depressão, que destrui…